HS Informática

Tecnologia da Informação e Conhecimento


Busca

Casos de Sucesso

Amil processa mais de 800 mil documentos/mês com leitura óptica

O uso da leitura óptica reduziu custos e agilizou os processos de uma das maiores empresas de assistência médica privada do país, a Amil. Hoje a empresa processa até 800 mil documentos por mês com os equipamentos e soluções ópticas desenvolvidas pela HS Informática, em uma parceria que já existe a 14 anos. A principal responsável por essa quantidade de documentos processados é a leitora óptica automática LOHS 410i, que é um dos modelos mais rápido e moderno, presente no mercado. Formado por 12 empresas com mais de 9 mil colaboradores, o grupo Amil faturou no ano passado um valor superior a R$2 bilhões, pretendendo aumentar ainda mais esse faturamento com o uso da Leitura Óptica.

"Ainda hoje, a relação custo/benefício da leitura óptica é insuperável", declara Antônio Jorge Gualter Kropf, Diretor Técnico da Amil. "Durante os 14 anos que empregamos essa tecnologia dentro da empresa, nunca sentimos a necessidade da instalação de outras técnicas mais sensíveis", completa. Essa opinião é compartilhada por Ronaldo Thompson, presidente da HS Informática, que julga a praticidade como a principal virtude da leitura óptica: "É uma tecnologia que combina simplicidade e eficiência, conforme pode ser atestado pela longa durabilidade que ela possui dentro da Amil e de outras empresas", confirma.

A leitura óptica foi introduzida na Amil em 1989, a partir da necessidade de tornar mais rápida e confiável a leitura dos documentos enviados à companhia pelos consultórios médicos. Esses documentos, conhecidos como cheque-consulta e cheque-exame, eram antes preenchidos e processados manualmente, em uma operação demorada e cheia de erros. Com a introdução da nova tecnologia, esses documentos foram transformados em cartões-resposta, que podem ser preenchidos facilmente e processados pelas leitoras ópticas.

Desafio e Resultados

"Foi um verdadeiro desafio na área técnica a implantação de uma tecnologia então totalmente nova", diz o diretor Kropf. "Tomamos por base a experiência que se fazia com os cartões-resposta usados na Loteria esportiva, e o resultado foi muito encorajador", revela. Um desses resultados foi um aumento na agilidade: A empresa hoje processa 800 mil documentos por mês. Outro resultado é a redução dos custos operacionais e de logística: Uma equipe de 6 pessoas realiza o que antes era feito por 60 funcionários. Ou seja, um aumento de produtividade de 1.000%.

Outra testemunha da eficiência da leitora óptica é o fato de que esse número de documentos é processado com o uso de apenas 30 máquinas. A Amil utiliza três modelos de leitoras da HS Informática: a 3Mi (fora de linha), a 40Mi e a LOHS 410i. A LOHS 410i é uma leitora dotada de alimentação automática com velocidade de 15.000 formulários/hora, o que á aproximadamente cinco vezes mais do que os demais modelos existentes no mercado. Construída segundo o padrão ISO 9000, a LOHS 410i suporta operações contínuas e duras e é facilmente transportável devido à sua estrutura modular e compacta. A Amil utiliza hoje 5 dessas máquinas fabricadas pela companhia japonesa Sekonic e distribuídas no Brasil com exclusividade pela HS Informática.


Central de atendimento: (21)-24470-1238-(21)3253-9000-(21)-3253-9008 Para sua conveniencia: Belo Horizonte (31) 4063-8147  Brasília (61) 4063-7258, Curitiba (41) 4063-8137 Fortaleza (85) 4062-9031 Goiânia (62) 4053-9530  Porto Alegre (51) 4063-8315  Recife (81) 4062-9071 Salvador (71) 4062-8646  

São Paulo (11) 4063-3071   Whatsapp 21-999-141-366

hs@hsinformatica.com.br         Entre em contato!